Presidente Kléber Leite

O pior presidente da história do clube. Levou o Flamengo ao fundo do poço, financeira e moralmente, pois fez inúmeras contratações (ao todo vendeu e comprou mais de 100 jogadores). Sua administração infelizmente foi em um momento histórico para o clube, o ano do centenário (1995). Começou de forma impressionante, trazendo Romário da Espanha e vários outros jogadores que a imprensa considerava craques, mas que ao vestirem o manto sagrado, tremeram e levaram o clube aos maiores vexames de sua história. O clube quebra vários recordes negativos, tais como 4 vice-campeonatos “algo que era exclusivo do “clube da colônia portuguesa”.(Carioca e Super Copa da Libertadores em 95, Rio-São Paulo e Copa do Brasil de 1997), com um agravante: todos dentro do Maracanã lotado, causando enorme decepção para a torcida e muitas humilhações por parte da torcida arco-íris.

O Flamengo também correu risco de rebaixamento no brasileiro de 1995, que só não ocorreu, pois na época só eram rebaixados dois clubes e um deles, desde o começo do campeonato, já deixava claro que seria rebaixado: o União São João (SP). Também teve derrotas por WO nos campeonatos carioca de 97 e 98, fazendo lembrar os idos tempos do amadorismo. Vale lembrar também que em sua administração o Fluminense foi campeão carioca em 1995, após 10 anos de fila; o Botafogo foi campeão brasileiro também em 1995 (título inédito) e campeão carioca em 1997. O Vasco ganhou o carioca e a Libertadores em 1998 e o brasileiro em 1997. São fatos que deixaram profundas marcas negativas na história, levando o nome do clube ao descrédito e uma crise financeira que perdura até aos dias de hoje (2005).

Mandatos : 1995 – 1996 – 1997 – 1998